instituto lidas

O Instituto Lidas desenvolve tecnologias colaborativas que visam facilitar ao cidadão uma apropriação de seu território de vivência. Ao cruzar informações sobre um determinado território – mapas, estatísticas, indicadores sociais – temos um diagnóstico desta região, permitindo o planejamento de políticas públicas eficazes e outras alterações sociais.

O Instituto Lidas coleta estes dados a partir da aplicação de técnicas de geoprocessamento e os distribui universal e gratuitamente via internet.

Assim, o cidadão tem embasamento para entender sua região e assumir um papel ativo nas transformações sociais (ao invés de apenas sofrer as conseqüências destas transformações, como acontece hoje em dia, principalmente nas regiões mais pobres do país).

Tanto na coleta de dados como em oficinas práticas, o Instituto Lidas tem a juventude como foco principal, por acreditar que saber enxergar dados geográficos no cotidiano é um princípio básico da educação. Conhecer e apoderar-se de seu território é o primeiro passo para a verdadeira cidadania, o fortalecimento da democracia e o respeito aos Direitos Humanos.

via instituto lidas.

Advertisements

Cultura Educa

E se as pesquisas, leituras, conversas, brincadeiras e descobertas que acontecem dentro da escola se conectassem às experiências que podemos ter ao redor da escola? Na biblioteca, na rua, na praça, num sarau, na lan house, num centro cultural? Quem, em volta da escola, faz música, teatro, dança, feiras, festas, esportes, debates…? Quem cuida do meio ambiente, quem conhece a história do bairro, quem gosta de reunir pessoas para estudar um assunto ou simplesmente conversar?

Os compromissos da educação formal são insubstituíveis, mas propostas de educação não formal podem inspirar o cotidiano escolar. O portal CulturaEduca é uma ferramenta criada para facilitar o diálogo entre a escola e as instituições, iniciativas e pessoas próximas a ela. Comunidades formadas por crianças, jovens, professores, pais, agentes culturais e cidadãos são convidados a mapear seus territórios educativos de forma colaborativa. Mais que localizar iniciativas socioculturais, o processo de mapeamento fortalece elos comunitários e provoca múltiplas possibilidades de aprendizagem.

Os mapas ainda apresentam dados sobre as particularidades de cada território: demografia, atividade econômica predominante, renda, escolaridade, entre outros. Essas informações são estratégicas para embasar o planejamento de ações comunitárias e/ou de políticas públicas.

via Cultura Educa.

Sobre | Toque no Brasil

O Toque no Brasil é uma rede de oportunidades que visa dinamizar e fortalecer o laço entre os elos da cadeia de valor da música, facilitando o encontro entre quem faz música e quem contrata músicos e bandas, ou seja, servindo também como ferramenta de trabalho.

No TNB, artistas de qualquer estilo podem criar seu perfil e se inscrever para as mais diversas oportunidades, como apresentações ao vivo (shows, festivais, turnês), publicidade (propaganda, jingle, trilha sonora) e interações com marcas (patrocínio, competições, concursos). Essas oportunidades são abertas no formato de convocatória, onde o gestor da oportunidade realiza a curadoria online e divulga os resultados, tudo dentro do site.

Ainda, isso tudo é feito na lógica de rede social, onde todo usuário tem um perfil totalmente customizável, onde consegue carregar arquivos e interagir com os demais.

via Sobre | Toque no Brasil.

Infojustice

Academics in the US and Brazil are developing the International IP in the Public Interest platform as part of a project dedicated to refocusing the debate over access to knowledge goods and the free flow of innovation among creators and consumers. We blog about issues related to international IP, open access initiatives, and efforts to expand access to knowledge-based goods. The site also contains pointers to legislation, trade agreements, and other original documents.

via About » infojustice.